quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Fargo (Fargo, 1996)

Direção: Joel Coen e Ethan Coen
Roteiro: Joel Coen e Ethan Coen
Elenco: Frances McDormand, William H. Macy, Steve Busceme e Peter Stormare


Jerry (William H. Macy, sensacional) é um cara que se acha esperto demais, mas vive com problemas financeiros, trabalha na consecionária de carros do sogro e esta sempre a procura de conseguir uma bolada, até mesmo tenta um financiamento com o sogro para construir um estacionamento que segundo ele é um bom investimento. Até que ele acaba bolando um plano de sequestro para a própria esposa com dois outros bandidos, e o resgate seria pago pelo sogro, um homem muito rico, sendo que Jerry ficaria com a metade da grana e os bandidos com a outra metade. Estava tudo armado e ninguém sairia ferido, um plano simples, sem derramamento de sangue, mas sabendo que se trata de um filme dos irmãos Coen, nada sairá como planejado!

Entra em cena então a chefe de polícia Marge (Frances McDormand, em uma interpretação que lhe rendeu um Oscar e um premio no Independent Spirit Awards, ambos de melhor atriz), grávida, que tem uma vida das mais monótonas possíveis ao lado de seu marido, o único divertimento do casal parece ser comer, coisa que eles passam o filme quase inteiro fazendo! Ela passa a investigar o caso, já que os bandidos matam tres pessoas em sua cidade, a pequena Brainerd, no meio oeste americano. Marge acaba chegando a Jerry por intermédio de suas investigações, mas não se convence com a frieza com que ele diz não estar envolvido no caso.
Obviamente o plano da errado e o saldo final é de muitas mortes, algumas em cenas surpreendentes, algo como a dupla de diretores/roteiristas tratou em "Queime depois de ler" alguns anos depois, um plano a princípio simples e sem erros se torna algo impensável e absurdo. No decorrer do filme acabamos sentindo um certo apreço pelo personagem do William H. Macy, talvez pela cara inofensiva do ator, que aliás merece mais papéis de destaque em Hollywood.

O roteiro é genial e mostra com muita sinceridade, sem falsos moralismos, que o ser humano é capaz de tomar as atitudes mais absurdas do mundo para salvar a sua pele e se estiver em jogo uma grande quantidade de dinheiro a situação muda completamente. Não vi muitos filmes dos irmãos Coen, mas esse é sem dúvida o que mais gostei, uma combinação de suspense, humor negro e ácido, drama e ótimas atuações!
Com certeza um dos melhores filmes da década de 90!

10 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Eu lembro muito, mas muito pouco deste, me recordo que tinha o VHS dele aqui - numa coleção que saiu da revista Caras, rs.

Preciso revisá-lo...de fato, isso eu lembro, a atuação de McDormand foi muito merecedora do Oscar...e os irmãos Coen são pequenos gênios.

abraço

alan raspante. disse...

Cara, dos irmãos Coen eu apenas vi 'Queime depois de Ler' não segue muito o meu 'estilo', mais eles são ótimo mesmo!
Fiquei super afim de conferir 'Fargo'! parecer ser bem bacana!

PS: Cara, meu blog foi hackeado ..e estou em novo endereço: cigarrosefilmes.blogspot.com ..
Até mais =)

Emmanuela disse...

Assim como Cristiano, eu preciso rever "Fargo", mas ainda assim, lembro com perfeição de suas brilhantes sequências. Ótimo filme certamente.

Hugo disse...

Filmaço, humor negro de primeira com personagens hilariantes, principalmente a dupla de assassinos vividos por Steve Buscemi e Peter Stormare.

Abraço

cleber eldridge disse...

De longe o melhor filme dos irmãos Coen, McDormard em sua melhor atuação até hoje, um roteiro incrivel, direção impecavel! É sem dúvidas, o melhor filme de seu ano! OSCAR que é bom, NADA!

pseudo-autor disse...

Filmaço! Até porque eu não gosto tanto dos Coen fazendo comédias como gosto de seus filmes dramáticos. Já estou ansioso pela refilmagem de Bravura Indômita que eles estão fazendo!

Cultura na web:
http://culturaexmachina.blogspot.com

Rodrigo Mendes disse...

Os Coen são geniais!

Mas creio que apenas o Joel assinou na direção.

É o melhor filme da década de 90, (como disse), junto com Pulp Fiction.

Um comédia de erros e sanguinolenta.

Além da ótima Frances McDormand e William H. Macy que ficou marcado por este personagem (embora ele tenha outros momentos de ator como em Magnólia), destaco também o trabalho de Peter Stormare (outro filmaço que ele fez foi Dançando No Escuro do Lars Von Trier com a Björk) e claro o sempre estiloso Steve Busceme, que nesta década participou de filmaços como Cães de Aluguel e mesmo Pulp Fiction fazendo uma ponta.

Creio que ninguém conseguiu fazer um filme onde tudo vai dando cada vez mais errado e dá certo num puta filme como os Irmãos Coen são capazes!

Abs!
Rodrigo

leo disse...

Eu nunca vi e me sinto meio idiota por isso,mesmo o filme ser de um dos meus diretores favoritos e com uma das melhores atrizes da atualidade.
Não conhecia o seu blog,gostei bastante.
Abraços

Elton Telles disse...

Sensacional! Um dos melhores Coen - e isso não é pouca coisa.

McDormand e Macy estão brilhantes, assim como o resto do elenco que não é tão reconhecidos, como é o caso de Stormare e Buscemi, grandes atores.

filmaço imperdível!


abs! o/

Sandro Azevedo disse...

Filmaço! Um dos meus favoritos! Incrível o nível de sofisticação dos irmãos Coen ao contar essa história. O roteiro é maravilhoso e as atuações impecáveis! A direção nem se fala.. algo para ser estudado!

Abraço!
Sandro Azevedo
blog24fps.blogspot.com